Restrito- login: Senha: Esqueci a senha

No ar

MUSICA ORQUESTRA

Com Rui Guilherme
Interaja com o programa

Notícias Regionais

27/8/2014
> Meio Ambiente

Pará recebe hoje hectares para reforma agrária

Do total, 86 mil hectares do Programa Terra Legal serão destinados à reforma agrária nos estados do Amazonas e Pará e 62,5 mil beneficiarão 806 famílias amazonenses, com ampliação da reserva legal do Projeto de Assentamento Acari, nos municípios de Borba, Novo Aripuanã e Apuí


27/8/2014
> Acordos

AL aprova a criação de cargos no MPPA

Por acordo feito entre as bancadas partidárias, passaram ontem no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (AL) dois projetos de lei enviados pelo Ministério Público do Estado do Pará (MPPA): um para a atualização dos vencimentos e proventos de todos os servidores ativos e inativos, à unanimidade e sem discussão, e outro sobre a criação de cargos no quadro de pessoal do MPPA, sendo 206 deles comissionados


27/8/2014
> Temperatura Elevada

Calor em Belém continuará intenso até novembro

As previsões da Sala de Situação para o Monitoramento de Eventos Hidrológicos Extremos, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), indicam que nesse período do ano as chuvas diminuem, fazendo com que a atmosfera esquente e o calor se intensifique


27/8/2014
> Conceição do Araguaia

Aeródromo paraense segue sem previsão de voos

O sítio aeroportuário foi embargado em agosto de 2012 pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) por não oferecer condições seguras de pousos e decolagens, conforme as normas do órgão federal, desde então o município centenário sofreu inúmeros prejuízos mediante a carência de transporte aéreo


Anúncios

Editorial

Galeria

30/6/2014


27/6/2014


Agenda e Eventos

Evangelho desta quarta (27)

Jesus critica a falta de transparência - Mt 23,27-32

“Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Sois como sepulcros caiados: por fora parecem belos, mas por dentro estão cheios de ossos de cadáveres e de toda podridão! Assim também vós: por fora, pareceis justos diante dos outros, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e injustiça. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas!Vós construís sepulcros para os profetas e enfeitais os túmulos dos justos, e dizeis: 'Se tivéssemos vivido no tempo de nossos pais, não teríamos sido cúmplices da morte dos profetas'. Com isso, confessais que sois filhos daqueles que mataram os profetas. Completai, pois, a medida de vossos pais!”

(Portal Paulinas)


Nesta quarta-feira (27) é Dia de Santa Mônica

Mônica nasceu em Tagaste, atual Argélia, na África, no ano 332, no seio de uma família cristã. Desde muito cedo dedicou sua vida a ajudar os pobres, que visitava com freqüência, levando o conforto por meio da Palavra de Deus. Teve uma vida muito difícil. O marido era um jovem pagão muito rude, de nome Patrício, que a maltratava. Mônica suportou tudo em silêncio e mansidão. Encontrava o consolo nas orações que elevava a Cristo e à Virgem Maria pela conversão do esposo. E Deus recompensou sua dedicação, pois ela pôde assistir ao batismo do marido, que se converteu sinceramente um ano antes de morrer.

Tiveram dois filhos, Agostinho e Navígio, e uma filha, Perpétua, que se tornou religiosa. Porém Agostinho foi sua grande preocupação, motivo de amarguras e muitas lágrimas. Mesmo dando bons conselhos e educando o filho nos princípios da religião cristã, a vivacidade, inconstância e o espírito de insubordinação de Agostinho fizeram que a sábia mãe adiasse o seu batismo, com receio que ele profanasse o sacramento.

E teria acontecido, porque Agostinho, aos dezesseis anos, saindo de casa para continuar os estudos, tomou o caminho dos vícios. O coração de Mônica sofria muito com as notícias dos desmandos do filho e por isso redobrava as orações e penitências. Certa vez, ela foi pedir os conselhos do bispo, que a consolou dizendo: "Continue a rezar, pois é impossível que se perca um filho de tantas lágrimas".

Agostinho tornou-se um brilhante professor de retórica em Cartago. Mas, procurando fugir da vigilância da mãe aflita, às escondidas embarcou em um navio para Roma, e depois para Milão, onde conseguiu o cargo de professor oficial de retórica.

Mônica, desejando a todo custo ver a recuperação do filho, viajou também para Milão, onde, aos poucos, terminou seu sofrimento. Isso porque Agostinho, no início por curiosidade e retórica, depois por interesse espiritual, tinha se tornado freqüentador dos envolventes sermões de santo Ambrósio. Foi assim que Agostinho se converteu e recebeu o batismo, junto com seu filho Adeodato. Assim, Mônica colhia os frutos de suas orações e de suas lágrimas.

Mãe e filho decidiram voltar para a terra natal, mas, chegando ao porto de Óstia, perto de Roma, Mônica adoeceu e logo depois faleceu. Era 27 de agosto de 387 e ela tinha cinqüenta e seis anos.

O papa Alexandre III confirmou o tradicional culto a santa Mônica, em 1153, quando a proclamou Padroeira das Mães Cristãs. A sua festa deve ser celebrada no mesmo dia em que morreu. O seu corpo, venerado durante séculos na igreja de Santa Áurea, em Óstia, em 1430 foi trasladado para Roma e depositado na igreja de Santo Agostinho.
Uma de suas frases: "Nada está longe de Deus".


Fonte: Os santos e os beatos da Igreja do Ocidente e do Oriente, Mario Sgarbossa, Paulinas.


Nesta quarta-feira (27) é Dia Nacional do Psicólogo!

Nesta terça-feira (26) é Dia Internacional da Igualdade Feminina e dia Internacional da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.


Mensagens do ouvinte

Anúncios e banners
Anúncios e banners

Enquete

Anúncios e banners
Cartaz

Endereço

Av. São Sebastião, 622-A - Centro
Cep: 68005-090 - Santarém Pará
Fones: (93) 3523-1066/3522-2692
Fone Fax: (93) 3523-2685